Main Contents

Condutores: cobre ou alumínio

Por que utilizamos só condutores de cobre em nossas residências? Por que às vezes encontramos alumínio nos fios de transmissão? Qual a diferença entre os tipos?

Em geral, há dois tipos de condutores: cobre e alumínio (excluindo a fibra óptica).

A diferença molecular entre os dois materiais é que o cobre tem uma massa atômica de 63,6u.a. e o alumínio, 27u.a. Isso significa que, para o mesmo volume de material, o cobre pesa mais que o alumínio.

Em termos de resistividade elétrica, o cobre tem 0,017ohm.m e o alumínio 0,027ohm.m. Ou seja, para condutores de iguais dimensões (seção e comprimento), o cobre tem uma resistência ôhmica menor do que o alumínio.

O uso do alumínio em transmissão, ao invés do cobre (que tem maior condutividade elétrica), é justificado pelo seu menor peso molecular e grande maleabilidade. Deste modo, o vão entre as torres pode ser maior (pois o alumínio suportará a deformação, conhecida como “barriga”) e a estrutura em si das torres ser menos robusta (por o alumínio ser mais leve), o que implica em redução de custos.

Concluindo, podemos listar os seguintes itens e exemplos:

  • Para o mesmo cabo, o de cobre é mais pesado que o de alumínio.
  • Para o mesmo cabo, o de cobre conduz mais (tem menor resistência elétrica) do que o de alumínio.

2 Responses to “Condutores: cobre ou alumínio”

  1. 1
    Diferença entre fio rígido e cabo flexível | Carlos Matheus - Eletricidade Says:

    [...] leia o post Condutores: cobre ou alumínio [...]

  2. 2
    franciele Says:

    entaum respondendo a pergunta dele é q o fio rigido so tem um fio grosso dentro de uma isolação ja o cabo flexível tem mais de um fio pequeno dentro de sua isolação. O cabo é mais usado em lugares q a movimentação ou tremor é mais constante pois mesmo q mexa ele vai continuar conduzindo a eletricidade naum vai deixar ocorrer um curto circuito.

Leave a Reply