Main Contents

Disjuntor em desacordo com o faseamento do circuito.

Recomendação: leia o post Disjuntores antes.

1) Pode-se usar dois disjuntores monopolares iguais para a proteção de um circuito bifásico?

2)Pode-se usar um disjuntor tripolar para a proteção de um circuito bifásico?

O disjuntor deve atuar quando em qualquer uma das fases houver sobrecorrente acima de sua nominal, independente do valor de corrente das outras fases. Senão, o disjuntor geral trifásico, que alimenta circuitos mono, bi e trifásicos, teria seu funcionamento alterado, visto que sempre haverá um desbalanceamento das fases.

Utilizarmos um disjuntor monopolar para cada linha (todos iguais) não haverá problema. Cada disjuntor terá sua proteção contra sobrecorrentes (curto-circuito e sobrecarga). Assim, se uma linha atingir valores acima do nominal, o disjuntor específico irá desarmar e cortar a alimentação para a carga.

Já em se tratando de utilizar um disjuntor tripolar em circuito trifásico, há mais o que se discutir.

O desarme do disjuntor pelo bimetálico, que atua por dilatação térmica de correntes de sobrecarga, depende da intensidade da corrente. Para um disjuntor monofásico, há um bimetálico e apenas uma linha; se a corrente ultrapassar um pouco a nominal, o deslocamento do bimetálico desarmará o disjuntor.

Agora se o disjuntor for tripolar, teremos duas situações: há apenas um bimetálico geral ou um bimetálico para cada pólo?

Se houver um bimetálico para cada pólo, não há questionamentos. O bimetálico 1, 2 ou 3 atua de acordo com a corrente do pólo 1, 2 ou 3, respectivamente.

Se houver apenas um bimetálico para os três pólos, o seu funcionamento é duvidoso, pois há diversos modos de sobrecarga em um circuito trifásico: homogênea (as três fases aumentam quase que proporcionalmente) ou heterogênea (apenas uma ou duas fases aumentam).

Como apenas um bimetálico atua para as três, ele tem que monitorar todas elas. Deste modo, a corrente que passa por ele será a soma de todas. Assim, se tivermos no limiar de uma condição de sobrecarga homogênea, teremos no bimetálico uma corrente de referência de quase três vezes a corrente nominal do disjuntor. Assim, se a alimentação trifásica (todas as três fases) passarem da nominal, o bimetálico atuará (sua corrente de referência ultrapassou a limiar de três vezes a nominal).

Agora se tivermos uma condição de sobrecarga heterogênea, teremos problema na proteção. Perfeitamente pode acontecer que apenas uma fase se sobrecarregue. Deste modo, o bimetálico não enxergaria tal situação, visto que a soma das correntes ainda não ultrapassaria seu limiar de atuação (quase três vezes a nominal).

Se o limiar de atuação do bimetálico for igual ao da corrente nominal do disjuntor, então o disjuntor sempre atuaria precocemente, visto que quando a corrente de cada fase estivesse três vezes menor que a nominal, cada fase contribuiria com um terço, e a corrente de referência para o bimetálico já seria a nominal.

Deste modo, podemos concluir que os disjuntores possuem bimetálico único para cada fase.

Assim, não há problema em se utilizar um disjuntor tripolar para alimentar um circuito bifásico.

E como as proteções são independentes, também não há problemas em se utilizar dois disjuntores monofásicos para proteger um circuito bifásico. O grande problema é que se um atuar, ainda restará uma fase que estará indo à carga.

Assim, se utilizarmos três disjuntor monopolares para a proteção de um circuito trifásico que vai para um motor, poderemos acabar por queimar o motor por falta de fase: uma linha poderá ser cortada por um disjuntor, e os outros dois ainda estariam ligados (caso não houvesse seletividade do relé térmico).

Resumindo, pelo pensamento acima descrito, não há problemas em se utilizar um disjuntor com a quantidade de pólos maior do que a quantidade de fases do circuito a proteger. Entretanto, pode haver problemas se utilizarmos um disjuntor para cada fase para proteger um circuito bifásico ou trifásico.

Lembre-se, o certo é proteger um circuito de X fases utilizando um disjuntor de X pólos.

46 Responses to “Disjuntor em desacordo com o faseamento do circuito.”

  1. 1
    Carlos Amaral Says:

    Prezado Carlos,

    Em primeiro lugar, parabéns pela iniciativa de escrever um site ajudando e informando aos que nada sabem sobre enegia elétrica que é o meu caso.

    Tenho uma dúvida que para você deve ser simples, mas que não consigo resposta.

    Moro no Rio de Janeiro onde a tensão é de 127v, meu ap. está situado num edifício, recém construído onde a instalação elétrica é trifásica, vem assim descrito na minha conta da Light.

    Há um ano atrás, comprei um ap. de ar condicionado de 10.000 btu’s, 220v;

    Embora eu já tenha entendido que na realidade isso nada muda com relação ao consumo, mesmo assim me foi recomendado que seria melhor optar pelo 220v e que a instalação seria bem simples, bastando para tal converter uma fase em neutro no quadro geral do ap (desculpe a ignorância se eu estiver errado, mas foi isso que na época entendi) e trocar o disjuntor por um bipolar.

    Na época um eletricista da construtora fez o serviço (o ap ainda estava sendo entregue) trocou um disjuntor no quadro por um bipolar, o que me pareceu bem simples e rápido e o ar funcionou perfeitamente o que ocorre até hoje.

    Acontece que esta semana comprei outro aparelho igual ao primeiro tb de 10.000 btu’s, mesma marca e modelo tb de 220v para o outro quarto e não podendo mais contar com o eletricista da construtora, tentei ajuda de um desses ‘faz tudo’ que vivem de bicos nos edifícios.

    Este me pediu para comprar um disjuntor bipolar de 45a, que segundo ele seria igual ao existente no meu quadro; Quando fui a procura disso nas lojas, descobri que não existe disjuntor bipolar de 45A, somente 32A, 40A e 50A. Daí, liguei pra ele que me disse que podia trazer um de 40A mesmo que serviria; Fiz isso mas fiquei muito inseguro.
    Fui pesquisar a respeito na internet sem muito sucesso, (por isso peço sua ajuda) pois entendo que disjuntores mal dimensionados podem me trazer problemas.

    Assim começaram meus questionamentos e minha insegurança quanto ao serviço que ele ainda vai executar e com relação ao que já foi feito pelo eletricista na instalação do primeiro ar do meu outro quarto.

    Tentei olhar no quadro para descobrir a amperagem do disjuntor bipolar que lá está do 1º ar, e não consegui ver nada, pois está meio apagado, (não sei onde ele viu 45A, a menos que tenha visto isso por dentro, quando abriu todo o quadro, o que eu não fiz.

    Agora com todos esses questionamentos resolvi pela primeira vez (que vergonha) consultar o manual do meu ar condicionado da marca Electrolux modelo EE10F cujo manula está aqui em:

    http://eden.electrolux.com.br/Eden_Brazil_2006/manuais/man_ee10f.pdf

    que diz que para tensão de 220v o disjuntor correto deve ser bipolar e de 15A.
    Mais confuso ainda eu fiquei!

    Pergunta:

    Se o disjuntor que já estiver em uso for de 40 ou 45 está mesmo errado?

    Devo trocar o que comprei hoje por dois de 15A e mudar o anterior??

    Ou deixo como está e uso o de 40A mesmo que ele me mandou trazer hoje??

    Meu medo é sem fundamento, ou isso é mesmo uma questão importante?

    Usar disjuntor com amperagem maior que o necessário é prejudicial ou em nada interfere?

    Por favor, me ajude a desvendar este enigma.

    Muito grato pela sua ajuda,

    Carlos Amaral – RJ

  2. 2
    admin Says:

    Caro Carlos, boa noite. Obrigado pela sua mensagem.

    É o seguinte, a função principal do disjuntor é proteger a fiação elétrica do circuito. Para tal, faz-se necessário primeiro especificar qual cabo você irá utilizar para alimentar seu novo ar-condicionado. Pela norma, você tem que ter dois circuitos separados para os aparelhos, e assim terá dois disjuntores bipolares no seu quadro.

    Para dimensionar a fiação que alimentará o ar-condicionado, você tem 3 critérios: seção mínima, capacidade de corrente e queda de tensão. Por ser um aparelho de baixo a média consumo, que é ligado quase que somente a noite, ser um apartamento e seu ar-condicionado suporta variação na tensão de até 10%, pode-se desprezar o critério da queda de tensão. Pela seção mínima, terá que usar um cabo de 2,5mm². Pela capacidade de corrente, como seu ar-condicionado é de 10.000 BTU’s ligado em 220V, a corrente máxima não passará de 10A. Pode-se então utilizar cabo de 2,5mm². Para proteção do cabo de 2,5mm², pode-se também utilizar um disjuntor bipolar de 15A, lembre-se de comprar de curva C.

    Não use apenas um disjuntor para alimentar os dois aparelhos. Tenho quase certeza de que o cabo que alimenta o seu atual é de 2,5mm²; se colocar um disjuntor de 40A, o disjuntor não protegerá sua fiação, correndo o risco de incêndio em caso de sobrecorrentes (limitadas a 40A). Isso porque a corrente máxima do cabo de 2,5mm² é menor do que 25A e você estará utilizando um disjuntor que só atua a partir de 40A.

    Então chame alguém especializado e peça a instalação separada para cada ar-condicionado: 3×2,5mm² (duas fases e o terra) e um disjuntor bipolar 15A curva C para cada aparelho. Assim, você garantirá que a fiação de cada aparelho suporte tranquilamente a carga do ar-condicionado e sua proteção esteja dentro de seu limite.

  3. 3
    Hamilton R. Romano Says:

    Tenho três bombas de piscina alimentadas por uma rede bifásica sem neutro (220V), que queimam com frequência devido a falta de uma das fases.
    Existe algum dispositivo de proteção contra falta de fase para esta situação? Onde posso comprá-lo?
    Na internet só encontrei reles para motores trifásicos.

    Grato pela atenção

  4. 4
    Vinicius de Oliveira Says:

    Boa tarde Carlos, venho através desta tirar uma dúvida com você, comprei um chuveiro que solicita um disjuntor de 40A, fui verificar no meu quadro de energia dentro do apartamento e na etiqueta onde esta o disjuntor do chuveiro esta o numero 25 em seu interruptor, ou seja é um disjuntor de 25A, sendo que a ducha que comprei solicita um de 40A, eu efetuei a instalação do mesmo sem verificar antes e quando estava utilizando o chuveiro o disjuntor desarmou, como resolvo este problema meu caro amigo, é só trocar o de 25A por um de 40A. Desde de já agradeço sua atenção.

  5. 5
    Franklin Says:

    Prezado Carlos,
    Parabéns pelo seu trabalho voluntário
    na Internet. Você é uma pessoa muito especial, infelizmente raro no Mundo: Solidário e Generoso. Muito obrigado pelos seus ensinamentos. Hoje já posso tomar um choque elétrico e sorrir (risos). Obrigado mesmo e fique com Deus. Abraços, Franklin

  6. 6
    Gustavo Says:

    Prezado Carlos,
    Parabéns pelo trabalho.
    Tenho 2 dúvidas
    1)em um sistema trifásico, é medido as correntes de cada fase e tem-se os seguintes valores 10A, 12A e 6A. Qual é a potência do sistema? 10,64kVA?

    2)para uma carga de 3800 VA, em um sistema trifásico, a corrente é de 10A. O disjuntor trifásico para proteger esse sistema seria de 10A ou 3,33A?

    Grato

  7. 7
    CELSO NAMIAS Says:

    PREZADO CARLOS

    PARTILHO DA MESMA OPINIÃO DO FRANKLIN, POSTADA ACIMA.
    PESSOAS COMO VOCE SÃO CADA VEZ MAIS RARAS.
    APROVEITO PARA AGRADECER PELAS INÚMERAS OCASIÕES EM QUE SEUS ENSINAMENTOS ME AJUDARAM,
    POIS ERAM QUESTÕES QUE OUTROS JÁ HAVIAM FORMULADO E A RESPOSTA SURGIU NO GOOGLE.
    GRANDE ABRAÇO.
    CELSO
    SP-CAPITAL

  8. 8
    ADIENE LINS Says:

    Olá, parabéns pelo site!!!
    Sou engenheira eletricista e gostaria muito de tirar uma dúvida sobre barramento blindado – busway??

  9. 9
    Gislayne Says:

    Prezado, Carlos

    Gostaria de tirar uma duvida, se possivel, Qual o disjuntor para os aparelhos de ar condicionado

    Consul de 7500 e 10.000 BTU, ambos de 220V?
    Muitissimo Obrigada.

    Atenciosamente,
    Gislayne.

  10. 10
    Joubert Says:

    Prezado Carlos,
    Um disjuntor bipolar de 40 v é composto internamente por dois disjuntores de 20 v ou dois de 40 v, ligados em série ou paralelo?
    Um chuveiro de 220v, com amperagem de 30 A, utiliza necessariamente dois cabos fase e um terra. Gostaria de saber se a amperagem é dividida entre as duas fases ou seja: 15 A por cabo.
    Grato

  11. 11
    Roberto Penêdo Says:

    Só agradecer as duvidas sempre consulto
    seu Site
    e tenho sempre as respostas pra tudo
    obrigado !!!

  12. 12
    Valdir Rodrigues Says:

    Quanto a curva dos disjuntores, qual a aplicação pratica, onde usar a B ou C.

  13. 13
    cristiano Says:

    prezado carlos muito obrigado pela dica e bom ter pessoa capacitada
    do seu porti,para nos axiliar.
    muito obrigado

  14. 14
    Luiz Carlos dos Santos Filho Says:

    - Boa tarde Carlos.
    - Possuo um aparelho de ar condicionado de 7.500 BTU já instalado, sendo que esse aparelho está ligado em um disjuntor de 20A no quadro de luz que fica dentro da sala onde há vários outros disjuntorers para outros circuitos (tomadas, lampadas, lavanderia, etc).
    - Ocorre que adiquiri mais três aparalhos modelo split, um de 18.000BTU e dois de 7.000BTU, sendo que as tomadas disponiveis para esses três aparelhos estão ligadas no mesmo disjuntor de 20A que mencionei anteriormente e que já esta ligado a um ar condicionado.
    - A minha dúvida é se posso ligar os quatro aparelhos nesse único disjuntor, ou será preciso trocá-lo por um de maior capacidade, lembrando que o disjuntor que se encontra instalado onde está o relogio da CPFL (Companhia Piratininga de Força e Luz) é de 50A.
    Ficaria muito grato se respondesse a esta mensagem.

  15. 15
    MARCOS Says:

    NA MINHA CAIXA DE DISJUNTORES DENTRO DE CASA SEMPRE TEVE OS
    DISJUNTORES GERAL DE 30 AMPERES, O DO CHUVEIRO TAMBEM 30
    AMPERES, OS DA LAMPADAS E DAS TOMADAS 25 AMPERES, OS QUE VAI
    PARA O ANDAR DE CIMA QUE E SOBRADO E DE 30 AMPERES, E TUDO
    FUNCIONAVA, ATE QUE INSTALEI UM CHUVEIRO DE SEIS MIL WATTS,
    E COMECOU A DESARMAR UM DISJUNTOR DO CHUVEIRO, AI COLOQUEI
    DISJUNTOR DE 50 AMPERES NO GERAL, AI PAROU DE DESARMAR O DO
    CHUVEIRO, E PASSOU A DESARMAR O GERAL, O QUE ESTA
    ACONTECENDO.

    AQUI INFORMO O MEU CIRCUITO COMPLETO

    BICOS DE LUZ SALA, COZINHA, DOIS BANHEIROS, DOIS QUARTOS, UM
    HALL, ESCADA, NO QUINTAL DE 250 WATTS.
    BICOS DE TOMADAS= 25 TOMADAS
    APARELHOS COM DISJNTOR PROPRIO CHUVEIRO,
    APARELHOS SEM DISJNTOR PROPRIO MICROONDAS, LAVADORA ROUPA,
    PANELA ELETRICA, GELADEIRA, TRES TELEVISAO,
    COMPUTADOR

    GOSTARIA DE RECEBER ORIENTACAO SOBRE QUAL POTENCIA DE
    EISJUNTOR DEVO USAR, DIANTE DO APARECIMENTO DOPROBLEMA.

  16. 16
    Jairo Says:

    Bom dia.

    Para instalar um chuveiro de 7.500w eu sou obrigado a usar um disj. 40a e fio 6mm?

    Grato,

    Jairo

  17. 17
    Carlos Matheus Says:

    Marcos,
    Jamais troque o disjuntor sem avaliar a corrente máxima do condutor que ele protegerá.

    Não é simplesmente trocar o disjuntor. Se o cabo que vai para o chuveiro tiver uma corrente máxima menor do que a do disjuntor, sua instalação está potencialmente sujeita a ocasionar um incêndio.

    Procure um técnico em elétrica para corrigir a sua instalação.

  18. 18
    jailson Says:

    um dijuntor de 100A trifasico suporta quanto por fase 100A ou 33,33A

  19. 19
    Carlos Matheus Says:

    É 100A por pólo (ou fase).

  20. 20
    MÁRCIA VALDEZ Says:

    Prezado Carlos, boa tarde!
    Comecei a ter problemas em um dos chuveiros da minha casa…O disjuntor( que é separado do outro banheiro ), desarma mesmo na chave verão em pouquíssimo tempo de uso. O disjuntor deste chuveiro, me disseram que é bipolar…Só que há uns 2 meses, troquei de bifásico para monofásico ( o padrão ), mas ainda não troquei o disjuntor. Queria saber: agora posso colocar um disjuntor de 50A monofásico para acabar com este problema? Os chuveiros são 127v e não tenho nada em casa com 220, por isso pedi para trocarem o padrão.
    Aguardo e agrdeço!
    Márcia

  21. 21
    gracenildo costamenezes Says:

    este site é muito importante para mim seria bom que todas essas prguntas nós poderiamos saber das respostas pois para mim serviria de experiência

  22. 22
    gracenildo costa menezes Says:

    é muitobom este site vai me a juda muito

  23. 23
    andre luis Says:

    oi,Carlos preciso instalar em minha casa um quadro de distribuição, gostaria de saber sobre os disjuntores, a duvida é : para o chuveiro elétrico e ar condicionado, aqui é monofásico 220v, com 3 circuitos: Lampadas, Tomadas de Uso Geral, Ar condicionado e Chuveiro Elétrico.
    Obrigado.

  24. 24
    Carlos Matheus Says:

    André, para dimensionar os disjuntores, precisa-se dimensionar primeiro os condutores. E, para isso, precisa-se saber por onde serão conduzidos, a qual distância, etc. Entre em contato com um técnico em elétrica da sua região que ele fará este serviço para você.

  25. 25
    Thiago Says:

    Prezado Carlos, boa tarde!
    Gostaria de saber como eu faço a ligação do fio terra apartir da caixa do relogio? pois eu tenho na caixa do relogio uma haste aonde esta ligado o neutro quem vem da rua, poderia ligar na mesma haste o fio terra? ou na propria tomada eu faço um jumpe do neutro para o terra?
    Aguardo e agrdeço!
    Thiago

  26. 26
    Carlos Matheus Says:

    Thiago, o que recomenda-se é que você tenha sua própria haste de aterramento, pois caso a do poste vir a falhar, você tem o seu aterramento garantido.
    Deste modo, você fincaria sua haste na terra, e dela traria o cabo até o quadro geral. Nele, deve haver 2 barramentos interligados: o do neutro da concessionária e o do terra.

  27. 27
    Thiago Says:

    Oi Carlos, boa tarde.
    Mas no caso para evitar gastos nao poderia utilizar o mesmo terra?
    Dessa forma o que acontece: o neutro se encontra com o terra do relogio na mesma rosca, desse mesmo ponto (rosca) penso ser possivel puxar o neutro e o terra, dessa forma, eles seriam separados até o quadro de distribuição, ligados devidamente a suas bases de cobre para serem puxados pras diversas necessidades. Derivam duas perguntas: Se eu ligar dessa forma é o TN-S e tudo bem? (ou isso dá um terrível curto entre neutro e terra) E terra deve ser eletricamente ligado ao quadro de distribuição e o neutro não? (o cobre do terra colado na caixa, e neutro separado para não dar contato).
    Quanto ao DR : Posso usar um interruptor DR como a chave principal da caixa? (Função normalmente de um disjuntor). No meu caso eu tenho 2 disjuntores de 50a da marca sica na caixa do relógio, se for usar um único DR pro quadro de distribuição, uso um de 50a também? Pq no mercado so tem de 40a e 63a bipolar sem a possibilidade de colocar o neutro ou tetrapolar com a possibilidade de colocar o neutro tb.
    Os planos de cabeamento, são da seguinte forma:
    16mm para fases e 4mm neutro (como já são até o relogio) do relogio até o quadro de distribuição.
    4 mm para o terra do relogio ao quadro de distribição
    6mm para os cabos “mestre”, aquel que vai sair do quadro e ir até o comodo para ser dividido entre tomadas, lampada, etc.
    2,5 para os cabos que saem da linha “mestre” e vão para as tomadas e lampadas.
    Quanto a dividir igualmente para não sobrecarregar o neutro, me falaram que tem problema de geladeira, chuveiro, lavanderia em geral que ativam motores/resistencias gerar sobre tensão ou era ruido e isso prejudicar meus equipamentos eletronicos?

    Agradeço profundamente as respostas até agora,
    Thiago

  28. 28
    Carlos Matheus Says:

    Thiago, o correto é ter disponível no seu quadro os barramentos de neutro e de terra. No seu caso, leve o neutro até o quadro e, a partir dele (fio neutro), derive para os dois barramentos. Um será o barramento de terra (de onde partirá todos os fios terra) e outro será o barramento de neutro. Até aqui, os barramentos estão interligados. Isso tudo a montante do disjuntor geral.
    Após passar os cabos pelo disjuntor geral, não interligue mais os fios neutro e terra (a interligação deles será apenas a existente entre os barramentos).
    Se for usar o DR geral, lembre-se que em qualquer falha, ele desarmará a instalação toda. E também, usando o DR, certifique-se de que o neutro passará por dentro dele, e o terra passará por fora (não é ligado ao DR).
    Geladeira, lavanderia, nem tanto, mas equipamentos eletrônicos que causam mais efeitos indesejados na instalação doméstica (como computadores, TVs) por causa das harmônicas. Contra sobretensões, utiliza-se os DPS.
    Se você não for técnico em elétrica, recomendo que contrate um da sua região para o serviço, OK? Abraços.

  29. 29
    Thiago Says:

    Ok
    Pode deixar que chamarei.
    Mas tenho uma ultima pergunta.
    Quando você fala para derivar o neutro, seria no quadro no meu caso da tigre com capacidade para 16 disjuntores, que esta depois do disjuntor geral que fica em baixo do relogio da eletropaulo?
    Então nao e aconcelhavel usar o dr como geral, porque senao ficara caindo toda vez?
    E o DPS teria necessidade mesmo instalar? onde eu instalaria ele?, devido ao custo e tb por nao ter dito nenhum problema ainda com isso.

    Muito obrigado
    Abrçs

  30. 30
    ANDRÉ LUIS Says:

    Bom dia Carlos, com relação a duvida anterior: meu quadro de distribuição fica bem no meio da casa que mede 60m2, a distância do quadro de distribuição para o ar é de 9,0mts, cabo flexível de 4mm, para o chuveiro é de 7,00mts cabo flexível de 4mm, meu chuveiro é de 2.500w e o ar condicionado deve ser de até 9.000 btus.” Aquisição futura”
    Outra duvida, posso fazer uma previsão de carga futura já prevendo a compras de novos aparelhos, caso eu use uma carga abaixo da minha previsão , como por exemplo o ar condicionado que vai ser uma aquisição futura, poderei ter alguma perca na precisão da proteção????
    Grato Pela Atenção

  31. 31
    Carlos Matheus Says:

    Boa pergunta. É inteligente fazer esta previsão de carga futura. Mas tem que ter cuidado com o seguinte. Se for projetar apenas para o atual, digamos que o disjuntor seja de 16A. Mas para o futuro, seria de 40A. Aí você instala o de 40A. Note que:
    1) O condutor atual tem que suportar no mínimo 40A.
    2) A proteção deste circuito só atuará a partir de um valor de corrente maior que o dobro da nominal atual (que é abaixo de 16A (já que o disjuntor seria de 16A)). É uma diferença muito grande.
    Não é recomendável que a corrente nominal do disjuntor seja muito próxima à nominal do circuito, e nem muito maior.
    Estude a possibilidade de ligar o ar-condicionado num circuito independente (que é o certo), de preferência bifásico. Assim, você ainda equilibrará suas fases. O chuveiro também, se possível, opte pelo bifásico.

  32. 32
    Carlos Matheus Says:

    Aquele disjuntor ao qual você se refere é o da medição. O geral ao qual me refiro é o que ficará dentro do seu quadro de distribuição (no caso de apartamentos, já que a medição pode ficar no andar de cima ou de baixo, dificultando o acesso a chave geral).
    Não há problemas em usar o disjuntor DR como geral, mas tenha em mente que se acontecer uma fuga em qualquer ponto da instalação, toda a residência será desligada. Cabe a você avaliar se quer um DR geral, ou DR terminais.
    O DPS já é de uso obrigatório. Você pode instala-lo no quadro geral, de cada fase para a terra. Problema quanto ao surto você nunca perceberá. Por exemplo, se de um dia para o outro sua TV queimar, você pensaria que foi por causa de um surto e que o DPS poderia protege-la?
    Vale a pena o investimento.

  33. 33
    Thiago Lopes Says:

    Caro carlos, sou eletricista (iniciante no ramo) e me deparei com uma situação até agora não enfrentada: manutenção em “rede viva”. Terei de substituir o disjuntor geral de um quadro de entrada, que procedimento/dicas você poderia me orientar para que eu possa executar tal tarefa com segurança?

    grato desde ja

  34. 34
    MARRCIA Says:

    Carlos,
    fui bancar a sabichona e me dei mal. Fui trocar a tomada do ar condicionado (euzinha que não entendo nada dessas coisas), mas quando liguei…..apagou tudo, e agora estou sem energia. será que queimou tudo? Meu ar é um eletrolux 7.500 btu’s, (127 v) , o disjuntor é de 20. tudo parecia perfeito… o que poderá ter saído errado?

  35. 35
    Carlos Matheus Says:

    O disjuntor geral deve ter desarmado, ou então este disjuntor terminal de 20A. Capaz também você ter curtocircuitado as fases. Contrate um técnico em elétrica para corrigir o erro e, nas futuras instalações, sempre opte pelo técnico.

  36. 36
    paulo Says:

    tenho uma pergunta
    tenho 3 ar split de 24000 btu sendo que sua corrente nominal é de 11 amp cada um e a rede é 220 fase e neutro.
    Liguei os tres juntos num disjuntor de 40a
    mas estou na duvida: È mais seguro separar cada um e colocar um disjuntor de 15a para cada um?
    ou do jeito que esta é seguro?
    no aguardo
    obrigado.

  37. 37
    Thiago Says:

    Boa tarde Carlos,
    Estou com o seguinte problema, quando ligo um radio na tomada e acendo uma lampada da uma interferencia,eu coloquei o circuito(fio fase 1) de tomadas e separada do (fio fase 2) para lampadas, a minha pergunta e a seguinte, precisa-se colocar um neutro para lampada e outro neutro para tomada saindo da caixa de djuntores na barra de cobre que normalmente as caixas de djuntores tem, porque eu usei um neutro so saindo da caixa de djuntor e com isso liguei lampada e tomada juntos.

    Muito obrigado
    Abrçs

  38. 38
    Amanda Says:

    PESSOAL ALGUÉM PODE ME RESPONDER!!!TENHO UM AR SPLIT DE 12000 BTUS E MINHA LUZ É TRIFÁSICA. DE 1 MÊS PRA CÁ QUANDO EU LIGO O MEU AR ELE DESARMA DO NADA ANTES DE GELAR AÍ EU PERCEBI QUE QUANDO EU LIGAVA A TOMADA DO MESMO CÔMODO DO AR ELE CONTINUA VENTLANDO MAS PARA DE GELAR E O CONDENSADOR PARA DE RODAR. SE EU QUISER O AR FUNCIONANDO EU TENHO QUE DESLIGAR TUDO DA TOMADA. MEU AR É 220V AÍ EU DESCUBRI QUE O ELETRICISTA COLOCOU UM DIJUNTOU PRA 1 FASE E A OUTRA FASE ELE COLOCOU NA DA TOMADA. ISSO É NORMAL O QUE DEVO FAZER???AAA A BITOLA DO FIO É DE 4MM DEVO AUMENTAR TUDO?????

  39. 39
    marcio rangel Says:

    comprei um microondas e toda vez que eu o ligo , a energia da casa cai, desliga , minha caixa de força só tem um dijuntor de 35a , se eu o subistitui-lo po um de 40a resolverá meu problema ?

  40. 40
    Carlos Matheus Says:

    Marcio, contrate um técnico em elétrica. Ele resolverá isso para você.
    Não é só apenas trocar o disjuntor.

  41. 41
    Carlos Matheus Says:

    Amanda, contrate um técnico em elétrica para revisar toda sua instalação.

  42. 42
    Carlos Matheus Says:

    Além de ser mais seguro, você facilitará a manutenção. Se um der problema, você saberá de antes mão qual, e os outros dois continuarão em operação.

  43. 43
    charles Says:

    gostaria de saber quantos ampéres os condutores de 1,5mm, 2,5mm, 4mm, 6mm e 10mm que cada um suporta para poder dimensionar o disjuntor adequado?

  44. 44
    Paulo Says:

    Gostaria de saber como calcular o disjuntor adequado para aparelhos de ar condicionado
    Ex 7500 btu / 360000btu etc.

  45. 45
    Fernanda Says:

    Boa Tarde, na minha casa o eletricista que fez a ligação deixou uma parte da casa sobrecarregada de coisas ( ex. em um disjuntor de 30 está ligado toda a iluminação e tomadas da cozinha, corredor,lavanderia, 2 quartos, sendo que tenho maquina de lavar louças, lava roupas, panela eletrica, grill), em outro ele deixou as tomadas de 220V e a iluminação e tomadas da sala, banheiro, e quarto, e em dois ele ligou o chuveiro (40). Outro dia qdo o chuveiro estava ligado (chuveiro com regulagem da temperatura eletricamente) quase no máx da temp e ligamos a torneira eletrica da cozinha ( é uma torneira normal mas tem um aquecedor -220v) o disjuntor geral ( moro em apto e não desarmou os disjuntores da minha casa e sim o Central relativo ao meu apto mas da cx do predio)desramou. Como podemos fazer pra evitar esse tipo de coisa? Trocar a maneira como foi feita a ligação dá mto trabalho? Aumentar o valor dos disjuntorrs é perigoso? Grata

  46. 46
    Carlos Matheus Says:

    Fernanda, o melhor é você contratar um eletrotécnico habilitado pelo CREA de seu estado. Ele será capaz de detectar o problema e propor a solução. Trocar o disjuntor por um de maior capacidade sem estudo prévio é muito arriscado.

  47. 47
    Mayron Says:

    Olá Carlos. Na minha casa possuo 2 chuveiros com especificação de proteção de 50A. Um deles fica na edícula, ao qual possui apenas um disjuntor de 35A com fios de 4mm. O outro está independente com um disjuntor de 30A e fiação de 4mm também. No relógio coloquei um disjuntor de 75A e os cabos que ligam ao quadro de distribuição é de 10mm (provisóriamente). Nunca funcionou os dois chuveiros ligados, sempre caia. Porém se eu ligar o chuveiro que está independente na ultima posição (são 3 + desliga) e ficar mais de 10 min o disjuntor geral cai, se for o chuveiro da edícula não. Minha dúvida é se posso colocar um disjuntor de 100A no relógio e um de 50A para cada chuveiro. No quadro de distribuição também há dois disjuntores de 15A com fiação de 2mm para tomadas e lampadas. obrigado

  48. 48
    Carlos Matheus Says:

    Mayron, qualquer modificação tem que ser feita por um profissional. Você não deve apenas trocar um disjuntor por um de maior capacidade; a depender da falha, pode causar incêndio.

  49. 49
    André Luiz Says:

    ola Carlos,

    Bom dia!

    Comprei um ar portatil de 10000 btu´s tive que usar uma extensão comum de 5 metros para ligar na tomada, pois não tenho tomada proxima a janela.
    logo apóis uns 40 minutos reparei que o fio da extensão estava muito quente.
    minha pergunta é: esse aquecimento na fiação da extensão é normal? se eu trocar a extensão por uma de melhor qualidade eu resolvo o problema? o que devo fazer?
    Agradeço imensamente se voce puder me ajudar.

  50. 50
    Thaís Says:

    Bom dia Carlos,

    Vou alugar um apartamento e o circuito é monofásico. Gostaria de saber quais serão as implicações práticas disso no meu dia a dia. Não vou poder ligar vários aparelhos ao mesmo tempo? Por exemplo, o ar-condicionado, uma tv, um dvd e a geladeira, podem ser ligados juntos? Seria melhor trocar esse circuito por bi ou trifásico? Quanto custaria isso?

    Obrigada !

    Thaís

  51. 51
    Carlos Matheus Says:

    Thaís, você poderá ligar esses equipamentos sim, sem problema. Se o apartamento só tem uma fase, quer dizer que ele foi dimensionado para tanto.
    Entretanto, se você for colocar ar-condicionado em outros quartos, chuveiro elétrico em todos os banheiros, vale a pena a mudança para padrão bifásico (2 fases).
    Se houver, você paga uma taxa a concessionária de energia de sua região. Mas a mudança a partir do interior da casa é por sua conta.

  52. 52
    Carlos Matheus Says:

    André, você pode comprar uma canaleta aparente e usar cabos por dentro dela, ao invés de usar extensões (geralmente, são de má qualidade e os fios muitos finos). O aquecimento é um sinal de que o fio é pequeno para a corrente que passa nele. Contrate um eletricista, ele saberá como agir.

Leave a Reply